Publicado em 29/11/2012

USP é vencedora no Prêmio Saúde 2012

Uma equipe de pesquisadores do campus da Universidade de São Paulo (USP) de Bauru foi a vencedora na categoria Saúde Bucal, do Prêmio Saúde 2012 da Editora Abril. A premiação foi realizada no dia 29 de novembro, no Memorial da América Latina, em São Paulo.

Os pesquisadores são da Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB/USP) e do Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais (HRAC/Centrinho/USP). Os autores são: Maria Inês Pegoraro-Krook, Raquel Rodrigues, Homero Carneiro Aferri, Jeniffer de Cassia Rillo Dutka, Melina Whitaker, Josiane Denardi Alves Neves, Mônica Waldemarin Lopes e Olívia Mesquita Vieira de Souza 

O trabalho premiado da USP de Bauru denomina-se “Funcionamento velofaríngeo com e sem prótese de palato após a palatoplastia”. Num empate, o segundo trabalho vencedor nesta categoria foi “Fluorose endêmica no norte de Minas Gerais”, de autoria das pesquisadoras da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG): Efigênia Ferreira e Ferreira, Lia Silva Castilho e Andrea Maria Duarte Vargas.

Ao todo, mais de 450 trabalhos foram inscritos nas sete categorias. Entre os critérios utilizados para avaliação dos trabalhos estão o impacto na saúde dos brasileiros ou de determinada comunidade, a educação da população para a prevenção de doenças ou busca de tratamento adequado, a originalidade da pesquisa com resultados inéditos ou uso inovador de conhecimentos já existentes, além do uso de novas tecnologias.

O objetivo do prêmio é valorizar, incentivar e divulgar campanhas de prevenção e educação, trabalhos clínicos ou da área cirúrgica e outras ações que tenham contribuído para melhorar a saúde e a qualidade de vida dos brasileiros. 

 Foto:

Sentados: Homero Carneiro Aferri, cirurgião-dentista do HRAC/USP; Maria Inês Pegoraro-Krook, professora titular do Departamento de Fonoaudiologia da FOB/USP e Olivia Mesquita Vieira de Souza, fonoaudióloga da FOB e doutoranda do HRAC/USP.

Em pé: Raquel Rodrigues, fonoaudióloga da FOB, Jeniffer de Cassia Rillo Dutka, professora doutora do HRAC e da FOB;  Josiane Denardi Alves Neves, fonoaudióloga do HRAC/USP; Melina Whitaker, fonoaudióloga do HRAC/USP e Mônica Waldemarin Lopes, cirurgiã-dentista do HRAC/USP.


Marianne Ramalho, Assessoria de Comunicação da PUSP-B

mais notícias